A tradição da restauração no Concelho de Mora


Não podemos naturalmente deixar de referir as potencialidades gastronómicas da região onde as referências são bastantes e boas. A qualidade dos pratos típicos como as migas de espargos, sopa de cação, as carnes de porco preto, o ensopado de borrego além dos diversos pratos de caça tem levado a que a região e especialmente o Concelho sejam cada vez mais procurados pelos apreciadores gastronómicos.

O Restaurante do Hotel Solar dos Lilases, no seguimento da tradição anteriormente referida, criou para os seus Hóspedes e Clientes uma oferta que procura igualmente corresponder, em qualidade e variedade aos desejos gastronómicos mais exigentes.

Para complementar a degustação sugerimos os vinhos da região, onde os vinhos de Cabeção são os mais elogiados sendo feitos, em geral, pelo método artesanal em talhas de barro algumas datadas dos séculos XV e XVI.

A localização do Restaurante, na antiga varanda do edifício, permite simultaneamente desfrutar da vista da planície, da ribeira e da parte velha da Vila de Mora criando um ambiente típico e apetecível.

A Cozinha Alentejana (mediterrânica)


 

Quem a pratica tem mais saúde, mais alegria e é um amante natural de tudo quanto é bom e dá prazer, o que inclui de uma forma inata, comer. Comer bem, comer saúde, comer alegria e comer amor, pois o acto de cozinhar e de nos alimentar o é, no sentido de darmos o melhor ao nosso corpo e podermos oferecer o melhor de nós.

Conforme o nome indica este tipo de cozinha é a que se pratica na Região Mediterrânea, compreendendo Países da Europa, Ásia e África. Apesar de não serem banhados pelo Mar Mediterrâneo, característica destes povos, Portugal, na Europa e a Jordânia, na Ásia, são considerados Países Mediterrâneos, quer pela sua proximidade geográfica, como pelas suas características climáticas e culturais.

A Cozinha Mediterrânea é sazonal, respeitando o ciclo dos alimentos durante as estações do ano, multi-cultural, visto que abarca uma infinidade de influências, características destes povos que sofreram várias ocupações e variações culturais e natural porque respeita os alimentos, não os adulterando de uma forma negligente, mas sábia na procura de novos sabores, diferentes combinações e composições de uma forma artística e inovadora. É uma cozinha saudável pela variedade de ingredientes, cores, sabores e texturas, com respeito pela tradição, gosto pela inovação e uma natural tendência para o improviso. Uma das principais características desta cozinha é o refogado, amplamente divulgado por Portugueses e Espanhóis nas suas conquistas.

A base da dieta Mediterrânea, são o vinho tinto, o azeite e o pão. Os legumes, variados, encabeçam a lista que passa pela carne de porco e borrego, pelo peixe e marisco, ervas e especiarias, pelo leite e pelo queijo. Entre nós, enraizou-se a trilogia do tomate, cebola e alho, que amigados, fazem milagres.

 


O nosso Restaurante e os nossos pratos


Os vinhos da região